Usar o e-mail marketing como estratégia para captar novos clientes já é uma prática comum em muitos negócios. Porém, nem todos conseguem ter o retorno esperado ou condizente com o seu trabalho.

Siga estas dicas abaixo e tenha sucesso em suas campanhas!

  1.  Não compre listas de e-mails

Não gaste dinheiro com atitudes que comprometam sua reputação. Comprar uma lista é uma ação invasiva, já que em nenhum momento o destinatário permitiu que você o enviasse e-mails.

Pelo contrário, ofereça “recompensas” para que ele confie a você os seus contatos. Por exemplo, eBook, webinar, vídeos, minicursos online, infográfico, pesquisas, etc. Torne-se alguém em que o leitor pode confiar.

O Comunique-se pode te ajudar na criação de um site vendedor e que pode lhe dar bons contatos e futuros clientes!

2.   Seja pessoal

Personalize o e-mail, sempre que possível. Em nosso distribuidor de e-mails é possível inserir um código que adiciona o nome dos destinatários no corpo do e-mail. Isso vai te aproximar do seu contato.

3.  Aprenda sempre

Nós nunca sabemos tudo. Então é sempre bom se atualizar para acompanhar tendências, etc.

Uma boa dica é se cadastrar em sites de produtos ou serviços parecidos com o seu e ver como estão atuando ou inovando na comunicação.
 
4.  Adapte-se ao mobile

Você já viu como os seus e-mails ficam no celular ou tablet?

Estudos mostram que 38% das pessoas abrem e-mails em seu aparelho móvel, por isso, você deve usar um bom software de e-mail e que seja responsivo.

Você já tem um kit de templates responsivos para utilizar. Fique de olho!

5.  Segmente

Segmente sua base de contatos. Divida-as por dados demográficos, idade, sexo, mas também por interesse, que é o mais importante.

Assim, você envia os seus conteúdos para os públicos que realmente tem interesse neles.
 
6.  O e-mail

Assunto: O assunto do e-mail é o que deve demandar mais atenção. Você tem que criar um assunto que seja muito atrativo para que o seu prospect tenha interesse.

Pense em frases que despertem curiosidade e que sejam impossíveis de não abrir.

Headline: É o segundo mais importante. Assim que o cliente abre seu e-mail verá o título principal, que passará a ideia do que virá abaixo, um fator determinante para que o hóspede leia até o fim ou volte para a caixa de entrada.

Pense em títulos fortes, porém sucintos, como uma manchete, por exemplo.

Corpo do texto: Estamos bem! Conseguimos a atenção de um leitor até o corpo do texto. Não podemos decepcionar.

O primeiro passo é gerar identificação. Chame-as pelo nome, por você, sem muitas formalidades. Deixe os “call to actions” bem posicionados com informações que complementem o conteúdo do seu e-mail e que levem para a página do seu hotel.
 
Evite e-mails muito longos. Vá direto ao ponto.

7.  Mensure
A comprovação. Mensurando os resultados você pode comparar o que deu certo e o que não deu. Quais assuntos geraram mais aberturas. Quais temas levaram mais leitores ao seu site. Quantas vendas são provenientes dos seus e-mails. E muitas outras coisas.

Utilize o relatório disponível no distribuidor de e-mails para avaliar o desempenho de cada campanha e investir mais em temas que deram mais resultado.


Este artigo foi útil para você?


Encontrou sua resposta?